quarta-feira, 27 de março de 2013

PLANALTINO REALIZA O 1º ENCONTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES ALFABETIZADORES DO PNAIC – Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa.


Depois da apresentação oficial do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa promovido pela Secretaria M. de Educação de Planaltino em Audiência Pública realizada na noite do dia 19 de março, para Professores, Diretores, Coordenadores Pedagógicos, Secretária de Educação e Presidentes dos Conselhos Municipais de Educação, foi realizado ontem, terça-feira, 26 de março de 2013 no Polo da UNEB situado à Rua Góes Morais no município de Planaltino-Ba, o primeiro encontro de Formação de Professores Alfabetizadores do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa- PNAIC, programa que visa garantir o direito de alfabetização dos alunos até o 3º ano do ciclo, tendo como pressuposto a formação continuada dos professores.
Professores Alfabetizadores da Escola Cantinho do Saber

Participaram do encontro os 26 professores inscritos que atuam no 1º 2º e 3º ano do ciclo de alfabetização, os Coordenadores Pedagógicos das escolas, a Coordenadora Municipal do PNAIC, a professora Graça Sudré e a Orientadora de estudos a Coordenadora Juliana, rede responsável pelo fortalecimento das ações do Pacto no Município de Planaltino. O encontro iniciou-se com a apresentação descontraída do grupo, onde foi possível pontuar as expectativas e os anseios acerca do Programa. A  Orientadora de Estudo do programa, a Coordenadora Pedagógica Juliana Oliveira promoveu uma discussão sobre a importância do programa para a formação dos professores alfabetizadores, responsáveis pelo processo de alfabetização dos alunos.
Grupos de trabalho: Ano 1, Ano 2, Ano 3 e Campo

No momento de estudo suscitou-se concepções acerca do currículo, onde a turma foi dividida em 04 grupos de trabalhos, que discutiram sobre o currículo na perspectiva do ciclo de alfabetização, partindo dos princípios gerais, da ampliação do direito de aprendizagem até a perspectiva para uma educação do campo.


“Dessa forma, esse primeiro encontro sinaliza a importância de pensarmos o fazer pedagógico, tendo claramente o que pretendemos quais nossos objetivos. Levantando alguns questionamentos: Somente alfabetizar até o 3º ano do ciclo? É necessário pensar, que sujeito queremos formar? Para que formar? Nesse momento, trazemos o discurso do currículo como questão de identidade, que valores que se deseja inculcar e as identidades que se pretende construir em nossos alunos" (Pontua a Orientadora de estudos, Juliana).

A turma do PACTO
Fonte: Diretoria de Ensino e Apoio Pedagógico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Educação é a base da transformação do individuo.

Postar um comentário